Seu browser não tem suporte ao JavaScript!
Recursos de
Acessibilidade:  
Tecle Alt+1 : ir ao conteúdo Tecle Alt+2 : ir ao mapa do site Texto menor Texto maior Contraste                 
Piraju, 21 de outubro de 2017



Imagem Noticia para indexar no facebook
Data: 04/08/2017 Hora: 13:47:30
Após o recesso, Vereadores apresentam uma pauta extensa de trabalhos no Legislativo

Por Cristiano Amorim

Na noite de terça-feira (1) aconteceu a 24ª Sessão Ordinária na Câmara de Piraju, vários assuntos foram abordados pelos Parlamentares no decorrer dos trabalhos do segundo semestre do Legislativo, após o recesso. No expediente das indicações solicitações ao Prefeito José Maria, nas áreas da saúde como algumas melhorias e adequações no PSF da Vila São Pedro, construção de banheiro masculino e feminino e vestiário na Praça Luzia Petroni Laino, Jardim Ana Maria; atendimento de fonoaudiólogo no CAEE- Centro de Atendimento Educacional Especializado. Aquisição de área para a instalação de pequenas empresas, para os microempreendedores, colocação de um Banner de identificação do Conselho Tutelar, atendimento no setor do transporte aos moradores na área interna da Fazenda Ceres. Também foram sugeridas melhorias na iluminação pública no Conjunto Habitacional José Ribeiro e na Vila Santo Antônio.

Explicação Pessoal

Reginaldo Rodrigues parabenizou a Prefeitura pela reforma da Ponte na Vila Campos. Também solicitou atenção do Executivo para que o mesmo possa atender alguns pleitos apresentados na Sessão, como: a urbanização da Rua Jonas Marques da Silveira, erradicação de uma árvore localizada na Avenida Francisco Alves de Almeida, em frente ao n° 570, sinalização de solo no cruzamento da Rua Renato Dardes com a Rua João Hailer e a limpeza dos bueiros localizados em frente à EMEI Pedro Longo, Vila São Pedro.

Érico Tavares enalteceu a competição de Futebol Regional para garotos organizado pela Rádio Piratininga. Lamentou o índice de queimadas em Piraju e destacou a necessidade de alterações na Legislação para punir os infratores.  Cobrou a contratação de mão de obra local, em alguns estabelecimentos comerciais abertos na cidade. Ressaltou que iria procurar o Ministério do Trabalho para solicitar as investigações no campo de obras, do Conjunto Habitacional Osvaldo Dearo Castilho, Tavares relata que irá procurar o Ministério do Trabalho. Defendeu a necessidade de contratar mais médicos para atender na Vila São Pedro.

Donizetti Cassanho parabenizou os trabalhos de recapeamentos em algumas vias de Piraju. Ainda elogiou os responsáveis pelo transporte escolar no município e apresentou algumas reivindicações á Administração nas áreas da educação, quanto ao atendimento fonoaudiólogo no CAEE e construções de sanitário no Jardim Ana Maria.

Gina Borges agradeceu a Prefeitura pelo recapeamento da Rua Roque Vetroni. Também agradeceu o Diretor de Obras, Pedro da São Vito por algumas melhorias no acesso ao Bairro Águas do Cágado. Parabenizou o setor odontológico pelos trabalhos desenvolvidos nos Postos de Atendimento aos Pacientes e elogiou a equipe do ESF da Vila Cantizani.

João Luciano comentou a respostas de alguns requerimentos obtidos do Executivo, ainda agradeceu o apoio dos Vereadores na aprovação do anteprojeto que proíbe e pichações no município. Sugeriu que seja feito um cadastro no Departamento Municipal de Turismo de todos os produtos artesanais e os produtos alimentícios fabricados no Município, bem como a torrefação de café.

Valberto Zanatta enalteceu a postura dos prefeitos, José Maria, Paulo Roberto e Isnar Freschi por se deslocarem até a Unidade da Receita Federal em Marília, para tentar evitar o fechamento da Receita Federal de Piraju. Pontou algumas obras e recursos enviados pelo Governo do Estado no município. Ele comentou que Piraju será beneficiada com a obtenção de recursos através dos impostos gerados, com a recuperação da Rodovia Raposo Tavares.

Antonio Carlos fez algumas explanações sobre a Lei que determina expedição de Alvarás as empresas e templos religiosos. É oportuno enfatizar, que Corrêa fez um parecer contrário ao Projeto de Lei nº 46, que determina o aumento do prazo para as empresas, estabelecimento comerciais e prestadores de serviços e templos religiosos no município de Piraju se adequem as normas de segurança da referida legislação. Segundo Corrêa desde 2006, há dilatação no prazo para estes segmentos se adequarem e conseguirem o alvará de funcionamento. Indagou a Administração a respeito do Núcleo Conexão da Vila Tibiriça do Paranapanema, pois há informações que ocorreram reduções no fornecimento de alimentação aos assistidos.

Leonardo Tonon diz que não ficou satisfeito com a resposta que recebeu da Guarda Mirim Constantino Leman e ressaltou que iria solicitar as informações mais detalhadas á diretoria da entidade. Sobre as queimadas, Tonon foi outro Edil que apoia as alterações na legislação atual para punir financeiramente os responsáveis, inclusive cobrar a limpeza dos terrenos aos respectivos proprietários. Por fim, fez alguns comentários da necessidade dos Pirajuenses comparecerem na Consulta Pública para criação da Floresta Municipal das Corredeiras, no conhecido Parque do Dourado.

 


melhor utilizado Firefox - Chrome - Ie9 ou superior