Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Piraju, 22 de fevereiro de 2019



Câmara de Piraju define a composição da CPI contra a Sabesp
Foto:Cristiano Amorim

Por Cristiano Amorim

Os vereadores de Piraju voltaram aos trabalhos em plenário na noite terça-feira (5) na primeira Sessão Ordinária do ano de 2019. Todos assinaram a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito - CPI e foi definida a composição com os seguintes membros: Presidente (Leonardo Tonon do PSB), Relator (Antonio Carlos Corrêa do PMDB), Membros (Valberto Zanatta - PSDB, Denilton Bergamini - PP e José Carlos Nunes - SDD).

Leonardo Tonon por ser autor do documento, automaticamente já é o presidente. A Comissão tem por objetivo segundo ele apurar o valor "abusivo" nas contas de água, após a renovação do contrato. Também pretende apurar o descarte de esgoto "in natura" no Rio Paranapanema, bem como a falta de água em alguns bairros da cidade e outras propostas apresentadas no contrato que eventualmente não estão sendo cumpridas pela Sabesp. Fazer valer o especificado em contrato, em relação a manutenções e ligações de novos registros, para que haja reparo no asfalto danificado dentro do prazo estipulado e de qualidade.

A partir da constituição da CPI, o Presidente irá despachar a decisão da plenária e a Câmara irá fazer a publicação oficial. Depois, o primeiro passo é notificar, ou seja, dar ciência a empresa Sabesp sobre todo o teor da CPI, seus fatos, prazos e finalidades. A empresa terá 15 dias para se manifestar a partir deste procedimento a comissão se reúne para deliberar os primeiros trabalhos.

"Estamos sendo constantemente abordados em relação aos fatos ora encaminhados, acreditamos que o assunto seja de relevante interesse popular, pois, as reclamações estão por toda parte: Redes Sociais, atendimento na própria empresa, PROCON. O referido assunto está chamando a atenção das imprensas escritas e faladas e reportagens de TV, o que nos motivou a formalizar esta Comissão. Portanto, como ócios do ofício, necessitamos apurar para esclarecer à população de Piraju", menciona.

Data: 06-02-2019 13:58:45